Destinos

Rotas das Missões Gaúchas

Turismo religioso e eventos agropecuários marcam agenda do ministro Marx Beltrão nas Rotas das Missões Gaúchas, no Noroeste do Rio Grande do Sul

Rotas das Missões Gaúchas (Foto: Divulgação/Embratur)

Rotas das Missões Gaúchas (Foto: Divulgação/Embratur)

O ministro do turismo, Marx Beltrão, participou nesta sexta-feira passada e sábado (28 e 29) de uma extensa agenda no Noroeste do Rio Grande do Sul. A programação teve início na cidade de São Miguel das Missões que comemora 29 anos de emancipação política. No município reconhecido por abrigar o Sítio Arqueológico de São Miguel Arcanjo – patrimônio cultural da humanidade reconhecido pela Unesco – o ministro assistiu ao espetáculo Som e Luz e as Ruínas, que conta o surgimento, o desenvolvimento e o final da experiência jesuítico-guarani. O ministro estava em companhia do colega Osmar Terra, ministro do Desenvolvimento Social, e do governador do estado, Ivo Sartori, entre outras autoridades.

São Miguel das Missões

São Miguel das Missões foi uma das missões jesuíticas que compreendiam 30 povos indígenas entre Brasil, Argentina e Paraguai durante a colonização portuguesa e espanhola. O conjunto, remanescente dos Sete Povos das Missões Jesuíticas (no lado brasileiro), impressiona por sua grandiosidade. Integram o roteiro turístico, a Aldeia Guarani, o Museu das Missões, a Cruz Missioneira, a Fazenda da Laje, a Fonte Missioneira, o Ponto de Memória Missioneira e o Pórtico com escrita em guarani – CO YVY OGUERECO YARA, que significa “esta terra tem dono”. O Ministério do Turismo apoia o destino com a sinalização dos atrativos locais.

“Em uma terra que respira cultura e história, a base para se criar destinos turísticos de excelência está pronta. Mas é preciso mais – é preciso pensar o setor de forma estratégica. E é pensando nisso que o Ministério do Turismo tem pautando suas ações e programas voltados para a qualificação profissional, promoção dos destinos e melhoria de infraestrutura”, assegurou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

18ª edição da Fenamilho Internacional

No sábado (29), foi a vez de Santo Ângelo receber a comitiva. Marx Beltrão participou da abertura da 18ª edição da Fenamilho Internacional com o ministro da Agricultura, Blario Maggi. A feira, realizada a cada dois anos, deve receber 150 mil visitantes nos nove dias de evento, incluindo turistas argentinos e paraguaios. A feira é realizada no Parque de Exposição Siegfried Ritter que conta com recursos da Pasta para revitalização do local.

Rotas das Missões Gaúchas (Foto: Divulgação/Embratur)

Rotas das Missões Gaúchas (Foto: Divulgação/Embratur)

Caminho das Missões

Ainda dentro da programação da Fenamilho, o ministro participou da inauguração do pavilhão Salão de Cultura e Turismo. O espaço foi concebido com o objetivo de que as 30 reduções (modelo de povoamento durante a colonização jesuítica) que integram a Região das Missões possam apresentar aos visitantes seus atrativos nos diferentes destinos turísticos, sendo 7 brasileiras, 15 argentinas e 8 paraguaias.

De lá, Marx Beltrão segue para participar do Seminário de Desenvolvimento do Turismo dos 30 Povos das Missões que terá como tema “Turismo e Rota internacional Jesuítica”. O evento de Integração com autoridades do Brasil, Argentina e Paraguai deverá reunir 300 participantes em um Seminário de Desenvolvimento do Turismo dos 30 Povos das Missões. Na ocasião será assinado o termo de colaboração mútua para o desenvolvimento do turismo do Mercosul com os governadores das províncias de Itapuã, no Paraguai, Luis Roberto Gneiting, e de Missiones, na Argentina, Hugo Passalacqua, além da ministra do Turismo do Paraguai, Marcela Bacigalupo e do Secretário de Turismo de Missiones, José María Arrúa.

Uruguai e Bolívia também reúnem atrativos relacionados à colonização dos missionários da Companhia de Jesus e integram a Rota das Missões Jesuíticas. O roteiro já recebe 250 mil visitantes por ano. Na parte brasileira, a expectativa é triplicar o número de visitantes da região em dois anos, passando dos atuais 100 mil anuais para 300 mil.

A expectativa é que o último compromisso de Beltrão no estado, seja no município de Três de Maio para que o ministro possa prestigiar outro grande evento gaúcho, a XV Expofeira do Agronegócio. Trata-se de uma feira multisetorial que tem como objetivo expor as principais potencialidades da região, fomentando o comércio, a indústria e movimentando o turismo regional do noroeste gaúcho.

Fonte: Min. do Turismo
Publicidade
Click para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Topo